Arquidiocese

Caminhada Litúrgica
Advento e Natal

[+info]

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Fafe
José António Ribeiro de Lima Carneiro | 19 Mai 2019
Liturgia de qualidade requer aliança entre sacerdotes e leigos
P. Bruno Nobre falou no Dia Arciprestal de Liturgia em Fafe
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Os agentes da Pastoral Litúrgica do Arciprestado de Fafe participaram numa jornada de formação que decorreu na tarde deste domingo na Igreja do Sagrado Coração de Jesus e que ajudou a redescobrir a importância da vida litúrgica das comunidades cristãs. Mais de uma centena de pessoas acolheram as pistas de reflexão partilhadas pelo Pe. Bruno Nobre, que serviram para tomar consciência da importância da Liturgia na vida da Igreja e da importância de todos e cada um dos ministérios litúrgicos.

Serviço, Comunhão, Beleza e Testemunho foram as quatro palavras nas quais o sacerdote jesuíta assentou a partilha que enriqueceu a todos os sacerdotes e leigos presentes. O jesuíta que é doutorado em Física pediu que sacerdotes e leigos se ajudem mutuamente para que todos exerçam os seus ministérios como serviços autênticos. 

A jornada contou com um trabalho mais específico em relação a cada ministério litúrgico. Os Ministros Extraordinários da Comunhão tiveram formação com o P. Rui Sousa, da Comissão Arquidiocesana de Liturgia; os Leitores estiveram com o P. Luís Baeta; as Zeladores e Sacristães estiveram com o P. José Maria Fernandes; os Cantores e Organistas estiveram com o Gil Fenandes e a Verónica Costa; os Acólitos estiveram com o Bruno Pinto.

O Dia Arciprestal da Liturgia de Fafe terminou com um momento de oração comunitária presidida pelo P. José António Carneiro, arcipreste de Fafe.

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Fafe
Contactos