Arquidiocese

Caminhada Litúrgica
Advento e Natal

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Agência ECCLESIA | 16 Abr 2019
Incêndio em Notre-Dame. Papa reza pela França
O fogo foi hoje declarado extinto.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Christophe Morin/Bloomberg

O Papa Francisco enviou hoje uma mensagem de solidariedade ao povo francês após o incêndio que atingiu esta Segunda a Catedral de Notre-Dame, em Paris.

“O Papa está próximo da França, reza pelos católicos franceses e pela população parisiense após o choque do terrível incêndio que devastou a Catedral de Notre-Dame”, refere o porta-voz do Vaticano, Alessandro Gisotti.

Francisco escreveu a D. Michel Aupetit, arcebispo de Paris, associando-se “à sua tristeza, bem como à dos fiéis da sua diocese, dos habitantes de Paris e todos os franceses”.

“Este desastre danificou severamente um edifício histórico. Mas estou ciente de que também afectou um símbolo nacional querido ao coração dos parisienses e franceses, na diversidade das suas crenças. Notre-Dame é a joia arquitectónica de uma memória colectiva, o local de encontro para muitos grandes eventos, o testemunho de fé e oração dos católicos na cidade”, assinala o texto, divulgado pelo Vaticano.

© CHRISTOPHE MORIN/BLOOMBERG

Elogiando a coragem e o trabalho dos bombeiros que intervieram para circunscrever o fogo, o Papa deixa votos de que a catedral de Notre-Dame possa “tornar-se de novo, graças ao trabalho de reconstrução e a mobilização de todos, nesse belo cenário no coração de cidade, um sinal da fé daqueles que a construíram, igreja-mãe da sua diocese, património arquitectónico e espiritual de Paris, da França e da humanidade”.

“Com esta esperança, concedo-vos de todo o meu coração a bênção apostólica, bem como aos bispos da França e aos fiéis da diocese, invocando a bênção de Deus sobre os habitantes de Paris e todos os franceses”, conclui a mensagem.

O fogo foi hoje declarado extinto. Perderam-se elementos arquitectónicos como a "floresta" que suportava o telhado de chumbo, o pináculo da catedral — que, para além do galo no topo, continha três relíquias (uma parte da Coroa de Espinhos, uma relíquia de São Dinis e uma relíquia da Santa Genoveva) — e parte da abóbada.

Entre os objectos recuperados da catedral contam-se a Coroa de Espinhos de Jesus Cristo, a túnica de S. Luís e outros objectos sagrados. As 16 estátuas que circundavam o pináculo, representando os 12 apóstolos e os quatro evangelistas, foram retiradas da estrutura para restauro quatro dias antes do incêndio. As rosáceas da catedral ficaram a salvo, segundo o arcebispo de Paris.

© CHRISTOPHE MORIN/BLOOMBERG

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Notre Dame  •  incêndio  •  Papa Francisco  •  França
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190