Toma e Lê
X DOMINGO do TEMPO COMUM
Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter do Arciprestado de Guimarães e Vizela
Equipa Comunicação | 21 Nov 2023
IV Jornadas do Grande Órgão Histórico da Colegiada da Oliveira
2 a 8 de dezembro
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Equipa Comunicação

Na celebração da Solenidade da Conceição Imaculada de Nossa Senhora irão culminar as Jornadas do Grande Órgão Histórico que assinalam a comemoração do 10º Aniversário do restauro deste órgão de tubos. Esta será a IV edição destas jornadas, a decorrer entre os dias 2 e 8 de dezembro, fruto da parceria entre a Paróquia de Nossa Senhora da Oliveira, o Município de Guimarães e outras instituições da nossa cidade. Este ano o organista convidado será António Mota. Doutorado em Música pela Universidade de Aveiro e licenciado em Órgão pela Escola Superior de Música de Lisboa é músico sacro, organista, compositor e docente.

Na continuidade das anteriores Jornadas o programa apresenta uma variada oferta cultural e religiosa: 

»» Celebrações da Solenidade de Nossa Senhora: Eucaristias Solenizadas cantadas com a comunidade paroquial, na Solenidade de Nossa Senhora da Conceição: 7 de dezembro, 19h e no 8 de dezembro 12h e 19h.

»» Concerto DE BACH A LANGLAIS - 3 SÉCULOS DE MÚSICAo grande órgão histórico irá conduzir-nos através de várias épocas da música. No 2 de dezembro, às 21h30 e no 3 de dezembro às 16h30.

»» Visitas Musicais: visitas guiadas de descoberta do património musical da Colegiada de Guimarães; 

A Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, templo do século XV classificado Monumento Nacional, inclui no seu património integrado o grande órgão histórico, obra do organeiro vimaranense Luís António de Carvalho (1766-1839). Encomendado pela Insigne e Real Colegiada de Guimarães em 1831, ficou concluído após 10 anos. A cidade possui 12 órgãos históricos (dos quais apenas 2 estão restaurados), sendo joia da coroa o instrumento da Colegiada, maior órgão histórico do Norte de Portugal, com 2 teclados, 51 meios-registos sonoros, 2.229 tubos, dos quais 270 trombetas. Foi restaurado entre 2011-2013 pela Oficina e Escola de Organaria de Esmoriz. 

[informação: 939 588 473 ou colegiadaguimaraes@gmail.com]

PARTILHAR IMPRIMIR
Arciprestado de Guimarães e Vizela
Contactos