Contributo Paroquial

Entregue pelos moldes habituais ou transferência para IBAN da paróquia

PT50 0036 0038 99100265057 76

Boletim
I domingo do Advento | A
Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Este (São Mamede)
4 Mai 2021
São Simão
PARTILHAR IMPRIMIR

S. Simão faz partes dos doze primeiros apóstolos escolhidos por Jesus. Nos evangelhos é citado como Simão o Cananeu, (Mateus 10,4) e (Marcos 3,18) e Simão o Zelota (Lucas 6,15). Se Cananeu se refere à terra do seu nascimento, Canaã da Galileia, que se situa no atual estado de Israel, Zelota por ser membro dos Zelotes, cuja ligação é pouco provável, ou “zeladores”, conservadores das tradições judaicas que lutavam pela libertação de Israel da ocupação romana.

Para alguns estudiosos da Bíblia as alcunhas de “cananeu e zelota” terão sido postas apenas e só para o distinguir de Pedro, que também se chamava Simão.

Tal como todos os outros apóstolos, também Simão fez parte das missões de evangelização que ocorreram após a Ascensão de Cristo. Segundo a tradição, Simão, juntamente com Filipe, terá evangelizado no Egipto, seguindo posteriormente para Inglaterra e Espanha. Terá chegado à Ásia Menor, donde teria partido junto com Judas Tadeu para a Mesopotâmia e a Síria, chegando à Pérsia onde se juntou a outros apóstolos que por lá evangelizavam. «Apóstolo associado a S. Judas Tadeu. De ambos pouco se sabe, crendo-se que se tenham devotado ao apostolado com outros apóstolos. Simão terá sido martirizado como o profeta Isaías: serrado ao meio. É por isso que o seu atributo é uma serra»[1]

Hegésipo, cronista cristão, conta que Simão teria sofrido o martírio durante o império de Trajano, contando já com a avançada idade de 120 anos. Sobre o seu martírio, as versões são duvidosas, permanecendo a incerteza se morreu na cruz ou se foi queimado numa fogueira na Arménia, ou se, por outro lado, terá sido serrado ao meio. A tradição católica diz que foi queimado vivo. São Fortunato, bispo de Poitiers no século VI, diz que S. Simão e S. Judas Tadeu foram enterrados na Pérsia.

A Igreja Católica representa-o com os seguintes atributos: na mão direita segura um livro aberto e na mão esquerda um longo serrote, que terá sido o instrumento do seu martírio.

 

[1] Jorge Campos Tavares, Dicionário de Santos: Hagiológico, Iconográfico, de atributos, de artes e profissões, de Padroado, de compositores de música religiosa. (3.ª edição. Porto, Lello Editores, Lda. 2001) 135, col. 1.

PARTILHAR IMPRIMIR
Paróquia de Este (São Mamede)
Casa Paroquial
Morada

Rua Pe. Abílio Gomes Correia, 46
4715-658 Este São Mamede

TLM

965098699

Cartório Paroquial

Quarta-feira - 20h00

Sexta-feira - 20h00

Eucaristias

Domingo, 09h30
Terça-feira, 19h30
Quarta-feira, 19h30
Quinta-feira, 19h30
Sexta-feira, 19h30
Sábado, 19h30

Feriados Civis, 07:30

Feriados Religiosos, 09:30

 

Confissões
Confissões
Visitas aos Doentes

A visita mensal aos doentes e/ou pessoas impossibilitadas de se deslocar à Igreja, deve ser marcada pelo próprio, ou seus familiares, com o pároco.

Semanalmente, os Ministros Extraordinários da Comunhão asseguram a Sagrada Comunhão.

Párocos