Contributo Paroquial

Entregue pelos moldes habituais ou transferência para IBAN da paróquia

PT50 0036 0038 99100265057 76

Boletim
II Domingo do Tempo Comum | C
Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Este (São Mamede)
20 Jun 2021
CNE
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 

 

Escutismo: uma semente lançada à terra em S. Mamede

Corria o ano de 1967 quando o Pe. David José Antunes, oriundo da Freguesia de Tibães, chega a Este S. Mamede e com ele traz a semente do escutismo. Desde logo começa a alimentar essa ideia junto da comunidade particularmente dos jovens que vão frequentando as suas eucaristias.

Percebendo que era efetivamente uma oportunidade para a juventude local, o Pe. David José Antunes reuniu com um grupo de 10 jovens. Para essa reunião fez-se acompanhar por um dirigente do Agrupamento de Tibães, o Chefe Francisco Pinheiro. A partir desse encontro, outros se seguiram pondo em marcha todas as diligências necessárias para que o escutismo começasse a ser uma experiência de vida para os jovens da paróquia. Durante esses encontros de preparação foram escolhidos os três jovens mais velhos do grupo para iniciarem a formação de dirigentes: António Vieira Fernandes (que viria a ser o primeiro chefe de Agrupamento), Manuel da Cunha Mota e José da Cunha Mota.

A formação destes adultos contou com a ajuda do já citado Chefe Pinheiro do Agrupamento de Tibães, do Chefe Custódio Barros do Agrupamento de S. Martinho de Dume e do Chefe Manuel Dias Vieira do Agrupamento de Gualtar.

A 16 de junho de 1968, integrado num acampamento realizado junto à igreja paroquial e onde marcaram presença os Agrupamentos de Tibães, Dume e Gualtar, é oficialmente criado o Agrupamento 375 de Este S. Mamede (pela Ordem de Serviço Nacional 326) com a realização das Promessas dos três dirigentes e de sete exploradores que viriam a formar a primeira Patrulha (Cuco).

As aventuras seguiram-se sempre com a presença do Pe. David José Antunes. Em setembro, do mesmo ano, mais jovens se sentiram entusiasmados a abraçar esta forma de estar na vida e foi criada a segunda Patrulha (Águia). Desde então, o Agrupamento foi ganhando raízes permitindo reunir condições de recursos adultos e de espaço físico, (a sede do Agrupamento foi sempre num dos espaços da casa paroquial de modo a colher elementos com a idade de lobitos, exploradores, pioneiros (antigamente seniores) e caminheiros. Foram muitos os jovens que integraram este Agrupamento e que usufruíram das vivências e aventuras que iam sendo propostas nas diferentes secções.

Nos últimos anos foram-se alargando horizontes com uma participação mais constante em atividades de Núcleo, Regionais, Nacionais e mesmo Internacionais. Horizontes cujo limite é o infinito dos sonhos dos escuteiros e da energia que colocam para os concretizar. Atualmente, com cerca de 70 elementos, o serviço às crianças, aos jovens e a toda a comunidade continua com a convicção de que o método escutista faz a diferença em todas as dimensões da vida de quem se atreve a ser escuteiro.

PARTILHAR IMPRIMIR
Paróquia de Este (São Mamede)
Casa Paroquial
Morada

Rua P.e Abílio Gomes Correia, 46
4715-658 Este São Mamede

TLM

965098699

Cartório Paroquial

Quarta-feira - 20h00

Sexta-feira - 20h00

Eucaristias

Domingo, 09h00
Segunda-feira, 07h30
Terça-feira, 19h30
Quarta-feira, 19h30
Quinta-feira, 19h30
Sexta-feira, 19h30
Sábado, 19h30

Feriados Civis, 07:30

Feriados Religiosos, 09:00

 

Confissões
Confissões
Visitas aos Doentes

A visita mensal aos doentes e/ou pessoas impossibilitadas de se deslocar à Igreja, deve ser marcada pelo próprio, ou seus familiares, com o pároco.

Semanalmente, os Ministros Extraordinários da Comunhão asseguram a Sagrada Comunhão.

Párocos