Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 1 Jul 2022
Faleceu o padre António Vaz Pinto
Jesuíta foi alto comissário para as Migrações entre 2002 e 2005. Tinha 80 anos.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Ponto SJ

O padre António Vaz Pinto faleceu esta sexta-feira, aos 80 anos de idade, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, anunciou a Companhia de Jesus em Portugal. Vítima de doença prolongada, o sacerdote tinha sido alto comissário para as migrações e minorias entre 2002 e 2005.

Nascido em Arouca a 2 de Junho de 1942, António Vaz Pinto entrou para a Companhia de Jesus em 1965 e foi ordenado padre em 1974, “tendo dedicado grande parte da sua vida à formação cristã e espiritual dos universitários e ao acompanhamento de vários grupos”.

O padre jesuíta “foi responsável pela criação e implementação de várias obras da Companhia de grande impacto apostólico”, como os Leigos para o Desenvolvimento, em 1986, o Centro São Cirilo, em 2002, no Porto, o Centro Universitário Padre Manuel da Nóbrega (1975-1984), em Coimbra, e mais tarde o Centro Universitário Padre António Vieira (1984-1997), em Lisboa. 

António Vaz Pinto foi ainda reitor da Comunidade Pedro Arrupe, em Braga, assim como da Basílica do Sagrado Coração, na Póvoa de Varzim. Dirigiu o Centro de Reflexão e Encontro Universitário Inácio de Loyola, no Porto, foi assistente nacional da Comunidade de Vida Cristã e ainda presidente da direcção do Centro Social da Musgueira, em Lisboa – cidade foi, também, reitor da Igreja de São Roque e capelão da Santa Casa da Misericórdia.

Em 2008 foi nomeado director da Revista Brotéria, tendo antes trabalhado na Rádio Renascença, onde foi assistente entre 1984 e 1997. No mesmo capítulo, esteve envolvido na fundação da produtora de conteúdos religiosos Futuro e esteve no projecto inicial da criação do que é hoje a TVI.

Foi distinguido, em Janeiro de 2006, com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, atribuído pelo Presidente da República, Jorge Sampaio.

Publicou sete livros sobre teologia, filosofia e vida cristã, e dois de memórias, onde conta a história da sua vida.

O padre jesuíta estava internado desde 8 de Junho devido a um tumor pulmonar. Os Jesuítas recordam uma vida cheia e intensa”, rezando agradecidos e cheios de confiança”.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190