Horário do Cartório

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.
 

Boletim Paroquial
Boletim 369 - II Domingo da Quaresma - Ano A - 08-03-2020
Crónica para o XXVII Domingo do Tempo Comum - Ano C - 2 de 0utubro de 2022

 

 

XXVII Domingo do Tempo Comum

Ano C

«Fé…»

 

Não podemos definir a Palavrinha Fé.
Duas letras bem unidas que dão origem a uma misteriosa combinação.
São como duas cores inúteis, que quando se misturam deslumbram o brilho do olhar com tamanha beleza.
A Fé tem o peso e a medida infinita para quem anseia a felicidade.
É urgente ser um condutor de Fé.
Ter Fé é ter tudo… E tu? Tens Fé?

Perante a adversidade no caminho…
As dúvidas que nos avassalam…
As trevas que nos cobrem o rosto…
As injustiças que nos aprisionam…
Os medos que nos dominam…
Os silêncios que nos afastam do perdão…
As mãos que se fecham… ergamos bem alto a bandeira da Fé!

Hoje, o 27º Domingo do Tempo Comum, do Ano C, abandona um apelo no ar:  «Aumenta a nossa fé»

É no abandono total que a Fé floresce e crescemos como Filhos muito amados de Deus.
Quando não encontras explicação: Tem Fé!
Quando os becos são maiores do que as saídas: Tem Fé!
Quando tudo te oferece o sabor amargo do fel: Tem Fé!

A Fé levar-te-á até onde Deus te quer encontrar.
Não hesites!
Nas palavras, nos passos, na escuta, no olhar, no abraço: coloca Fé!

Para esta semana e para toda a tua vida: Fé!
Palavra pequenina que faz de mim e de ti seres humanos enormes!

 

Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Paróquia Nossa Senhora da Lapa
Padre Duarte Nuno Rocha | Póvoa de Varzim| 16 Fev 2020
Boletim 366 - VI Domingo Tempo Comum - Ano A - 16-02-2020
A vossa linguagem deve ser: ‘Sim, sim; não, não’. O que passa disto vem do Maligno».
PARTILHAR IMPRIMIR
 

 PASSEIO DE BICICLETA

“pedala, pedala!!!”

No princípio, eu via Deus como um observador, um juiz que não perdia de vista as coisas erradas que eu fazia. Desse modo, quando eu morresse, Ele saberia se eu merecia ir para o Céu ou para o Inferno. Estava sempre lá, como Presidente. Eu reconhecia a imagem Dele quando a via, mas não o conhecia de verdade. Mas, mais tarde, quando eu o conheci melhor, pareceu que a vida era como um passeio de bicicleta para duas pessoas e percebi que Deus estava atrás, ajudando-me a pedalar. Não sei quando foi que Ele sugeriu que trocássemos de lugar e a vida não foi a mesma desde então... A vida com o Seu poder superior era muito melhor... Quando eu detinha o controlo, sabia o caminho... era um tanto entediante, mas previsível: sempre a distância mais curta entre dois pontos. Mas quando Deus assumiu a liderança, Ele conhecia atalhos maravilhosos, subia montanhas e atravessava terrenos pedregosos em velocidade vertiginosa. Tudo o que eu podia fazer era seguir em frente! Embora tudo aquilo parecesse loucura, Ele dizia: “pedala, pedala!!!”. Eu ficava preocupado e ansioso, e perguntava: “para onde me levas?” Deus apenas ria, não me dava uma resposta e eu comecei a confiar Nele. Logo me esqueci da minha vida entediante e comecei a participar na aventura. Quando dizia que estava assustado, Ele virava-se para trás e tocava a minha mão.

Deus levou-me até pessoas com dons de que eu precisava; dons de curar, de aceitação e de alegria. Eles deram-me os seus dons para levar na minha jornada. Isto é, nossa jornada, de Deus e minha. Nós partimos novamente, e Ele disse: “desfaz-te dos dons, são bagagem extra, pesam demais. Então, dei-os para as pessoas que encontramos e descobri que dando eu recebia e, além disso, o nosso fardo ficava mais leve. No princípio, eu não confiei em Deus para assumir o controlo da minha vida. Achei que a destruiria. Mas Ele conhecia os segredos da bicicleta, sabia como incliná-la para fazer curvas fechadas, pular para evitar lugares cheios de pedras, aumentar a velocidade para encurtar caminhos assustadores. E eu estou a aprender a calar-me e pedalar nos lugares mais estranhos, e a começar a apreciar a paisagem e a brisa fresca no meu rosto com meu óptimo e constante companheiro, Jesus Cristo... E, quando estou certo de que não posso mais seguir em frente, Ele apenas sorri e diz: “Pedala...”

PARTILHAR IMPRIMIR
Documentos para Download
Paróquia de Nossa Senhora da Lapa
Casa Paroquial
Morada

Rua padre Manuel Marques Silva, s/n
4490-582 Póvoa de Varzim

TEL

252624200

FAX

252620975

Cartório Paroquial

Cartório Paroquial - Horários

Segunda das 10h às 12h;

Sexta das 16h às 17.45h.

Confissões

Confissões

Visitas aos Doentes

Visitas aos Doentes 

 

Párocos