Arquidiocese

Ano Pastoral 2020+2021

"Uma Igreja sinodal e samaritana"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 24 Fev 2021
Depois de nove meses de tristeza, Johnathan voltou a sorrir
Aluno de escola católica nos EUA foi surpreendido pelo esforço e solidariedade de colegas, pais e professores.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Currents News

Johnathan Zuluaga pensou que estava de regresso à escola católica “Our Lady of Sorrows”, em Queens, nos Estados Unidos da América, para assistir a um concurso de talentos, mas era tudo parte de um plano surpresa: um cãozinho novo, um novo “melhor amigo” para Jonathan.

“O meu cão morreu. Já não tinha nenhum animal de estimação e sentia-me muito sozinho. É muito bom tê-lo aqui e levá-lo para casa comigo hoje”, afirmou.

Frequentando o ensino à distância, Johnathan não ia à escola há meses. A pandemia levou-lhe o pai e a avó e, mais recentemente, perdeu o cão, que considerava como o “melhor amigo”.

Durante meses, alunos, pais e professores da escola angariaram dinheiro na esperança de devolver um pouco de felicidade à vida de Johnathan depois de tantas perdas.

“Dissemos apenas que tínhamos um aluno a passar por algumas necessidades, nunca mencionámos o nome dele. Dissemos apenas que iríamos angariar dinheiro para fazer alguém sentir-se melhor”, disse a directora da escola, Cristina Tancredi-Cruz. 

Os alunos puseram mãos à obra e todos os dias acordaram mais cedo para venderem café e donuts na escola. Angariaram mais de dois mil dólares sem nunca saberem para quem eram.

“O que faria Jesus perante esta situação? Isto é exactamente o que Ele gostaria que fizéssemos. É disto que se trata a escola católica. Trata-se de fazer o bem e não pedir nada em troca. Isso é exactamente o que os nossos alunos fizeram”, apontou a directora.

No entanto, os alunos admitem haver uma coisa que realmente queriam em troca.

“Quero vê-lo sorrir. Não quero vê-lo triste ou deprimido. Só quero vê-lo sorrir”, afirmou Dandy Naranjo, colega de turma de Johnathan.

A mãe de Johnathan, Ysabel, disse que o filho ultimamente era uma sombra da criança divertida e amorosa que sempre fora. Agora pode, finalmente, respirar de alívio.

“O importante é que ele sente que Deus é bom. Nem tudo está perdido e nem tudo é mau”, afirmou a mãe.

Johnathan ainda não sabe o nome que vai dar ao cãozinho, mas sabe que esta prenda é o início de um capítulo novo e feliz.

“É um momento especial de felicidade depois de nove meses de tristeza e preocupações. Vejo-o feliz. A esperança está de regresso", concluiu Ysabel.

 

Artigo original de Currents News.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Caridade  •  Solidariedade  •  EUA  •  Escolas católicas  •  Covid-19  •  Luto
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui