Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS com La Croix International | 29 Abr 2021
Participação em serviços religiosos de Inglaterra e País de Gales aumentou... online
Assembleia Plenária incluiu debates online e um encontro pessoal de um dia inteiro.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © DR

Os bispos católicos de Inglaterra e do País de Gales anunciaram um plano para fazerem mais católicos regressarem à Igreja depois de notarem uma maior participação nos serviços religiosos depois da propagação da pandemia de Covid-19 na Grã-Bretanha.

O Arcebispo D. Malcolm McMahon, vice-presidente da Conferência Episcopal nacional, falou sobre o plano no final da Assembleia Plenária dos Bispos de 19 a 22 de Abril.

“Com o streaming online, o streaming ao vivo de eucaristias, descobrimos que às vezes estamos perante congregações enormes", afirmou, durante uma conferência de imprensa.

O Arcebispo dominicano de 71 anos disse que, devido às transmissões em directo, este ano os participantes nos serviços da Semana Santa foram mais numerosos do que na catedral de Liverpool.

Os bispos britânicos afirmaram em comunicado divulgado após a Assembleia Plenária que planeiam ampliar a sua pegada digital e chegar a diferentes plataformas.

A declaração – intitulada "O Dia do Senhor" – diz que o desafio é levar a fé a uma ainda “maior expressão e força".

Os bispos dizem que os católicos que abandonaram o hábito de ir à igreja e os "curiosos da Covid”, que tiveram agora contacto com a Igreja pela primeira vez, figuram de forma proeminente no plano.

Um terceiro grupo inclui aqueles que concluíram que não precisam do culto comunitário. São pessoas que experimentam uma grande lacuna entre a dimensão espiritual das suas vidas e a expressão comunitária da sua procura espiritual, indica a declaração dos bispos.

"Será necessário haver contacto pessoal, garantias claras e convites sensíveis", dizem os bispos.

Os bispos pretendem cumprir a sua missão destacando os pontos fortes dos "verdadeiros tesouros" da Igreja, explicando que que o maior tesouro é a "vida sacramental da Igreja e no seu seio a Eucaristia”.

Os católicos olham para o Domingo como "um presente semanal de Deus ao seu povo" e a Eucaristia dominical "como alimento para a missão única com que foram dotados".

"É a Eucaristia, a celebração da Missa, que faz a Igreja; e é a Igreja, no dom do Espírito Santo, que faz a Eucaristia. Ela requer nossa participação activa e, para ser plenamente celebrada, a nossa presença física", insistem os bispos.

Na declaração, os responsáveis também elogiam as famílias, as comunidades paroquiais e aqueles que trabalharam para enfrentar desafios como "problemas de saúde, tristeza e isolamento".

A Assembleia Plenária incluiu debates online e um encontro pessoal de um dia inteiro. Os bispos de Inglaterra e do País de Gales também discutiram a necessidade de um novo Leccionário – o livro que contém as leituras das Escrituras usadas na missa – em substituição do texto que vigora actualmente, publicado em 1969.

Artigo original publicado no La Croix International.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Eucaristia  •  missa  •  Inglaterra  •  Gales  •  Bispos  •  Covid-19  •  pandemia  •  online
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui