Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 4 Out 2021
Vaticano confia o início do Sínodo sobre a Sinodalidade à espanhola Cristina Inogés
Santa Sé escolheu uma teóloga aragonesa para uma meditação bíblica baseada no Livro do Apocalipse que antecederá a inauguração oficial por parte de Francisco.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Cristina Inogés Sanz

A teóloga espanhola Cristina Inogés será a primeira voz a ser ouvida na abertura do Sínodo da Sinodalidade que acontecerá no próximo sábado, 9 de Outubro, no Vaticano.

Na sessão de abertura, que acontecerá na Aula Nueva, a investigadora aragonesa vai inaugurar as intervenções do fórum vaticano com uma meditação bíblica baseada numa Leitura do Apocalipse. Juntamente com ela, o jesuíta Paul Béré, de Burkina Faso, também iluminará o público com as suas reflexões.

 

Ponto de partida

A sua intervenção acontecerá um pouco antes do discurso do Papa Francisco, com o qual será inaugurada a primeira fase de uma jornada sinodal que começará com um macro levantamento nas dioceses de todo o planeta a partir de 17 de Outubro, com uma fase continental posterior e que culminará em Outubro de 2023 com o Sínodo propriamente dito novamente em Roma.

Por enquanto, neste primeiro dia de encontro, o Cardeal Jean Claude Hollerich também fará uso da palavra como Relator Geral do Sínodo e presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia, além do Cardeal Mario Grech como Secretário Geral do Sínodo.

Em conjunto, também se ouvirão testemunhos na primeira pessoa de uma jovem sul-africana, uma freira americana, uma família australiana… Após esta sessão, no Domingo, Francisco irá oficializar o processo com uma Eucaristia que acontecerá na Basílica de São Pedro.

 

À luz das Beguinas

Formada pela Escola de Teologia Protestante de Madrid SEUT e especialista em relações internacionais e protocolo, Cristina Inogés integrou a Comissão Metodológica do Sínodo, numa equipa chefiada pela religiosa Nathalie Becquart, Subsecretária do Sínodo.

Colaboradora da Vida Nueva, Revista 21 e Ecclesia, entre outros meios de comunicação, acaba de publicar “Beguinas. Memória perdida” (Editorial PPC), uma obra que investiga o perfil dessas leigas que, a partir do século XII, tiveram uma voz profética dentro e fora da Igreja.

Artigo de Vida Nueva Digital, publicado a 1 de Outubro de 2021.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Sínodo  •  Sinodalidade  •  Vaticano  •  Meditação  •  Papa Francisco  •  Cristina Inogés  •  Espanha
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui