Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
DACS | 9 Nov 2021
Biblioteca do Vaticano abre ao público com um espaço de arte que combina o novo e o antigo
Exposição inaugural “Tutti” (Todos) inspira-se na encíclica do Papa Francisco de 2020 “Todos Irmãos”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © AP/Nicole Winfield

A Biblioteca Apostólica do Vaticano, que abriga manuscritos antigos, livros raros e salas de leitura para académicos, está a abrir as suas portas ao público em geral com um pequeno novo espaço de exposição que visa combinar os seus tesouros artísticos com a arte contemporânea.

A exposição inaugural “Tutti” (Todos) inspira-se na encíclica do Papa Francisco de 2020 “Todos Irmãos”, que combina os seus apelos por sustentabilidade ambiental, maior fraternidade humana e uma ordem socioeconómica mais justa no mundo pós-COVID.

O artista romano Pietro Ruffo, para quem os mapas e a migração são temas recorrentes, foi convidado a imaginar uma exposição especificamente para um dos corredores da Biblioteca, que  Ruffo transformou numa floresta tropical. Noutra sala, Ruffo desenhou uma versão contemporânea de um dos antigos mapas do Nilo da Biblioteca, com os dois expostos lado a lado num recipiente de vidro.

Inaugurando o novo espaço na semana passada, Francisco disse que o mundo precisa de novos mapas depois do COVID-19.

“Nesta mudança de época que a pandemia acelerou, a humanidade precisa de novos mapas para descobrir o sentido da fraternidade, da amizade e do bem comum”, disse. “Precisamos de uma nova beleza, que não seja o reflexo usual do poder de alguns, mas um mosaico corajoso da diversidade de todos”, acrescentou.

A iniciativa, financiada pelo filantropo dos Estados Unidos Kirk Kerkorian, segue o apelo de Francisco no início do seu pontificado para que a Biblioteca se abrisse mais ao mundo exterior. O Papa seguiu essa linha ao abrir também ao público a residência papal de Verão em Castel Gandolfo como museu.

A exposição, patente até 22 de Fevereiro, está aberta ao público nas tardes de terça e quarta-feira e oferece aos visitantes uma maneira única de entrar na Cidade do Vaticano que, de outra forma, não estaria ao alcance. Os visitantes devem solicitar antecipadamente a entrada online e os 15 euros de entrada incluem o catálogo.

A Biblioteca Apostólica é separada dos “Arquivos Secretos do Vaticano”, recentemente renomeados “Arquivos Apostólicos do Vaticano”, que abrigam toda a documentação da Santa Sé e das suas extensas embaixadas. Ambos estão abertos a académicos mediante solicitação.

 

Artigo de Associated Press, publicado no Crux a 9 de Novembro de 2021.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Biblioteca  •  Vaticano  •  Arte  •  Cultura  •  Contemporâneo  •  Moderno  •  Papa Francisco
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui