Arquidiocese

ANO PASTORAL
"Juntos no caminho de Páscoa"

[+info e Calendário]

 

Desejo subscrever a newsletter de Revista de Imprensa Internacional
Irmã Grazielle Rigotti, ascj - Assis / Vatican News | 18 Mai 2023
Em Assis, a Assembleia Geral da União Mundial de Organizações de Mulheres Católicas
De 14 a 20 de maio, a Assembleia Geral da União Mundial de Organizações Femininas Católicas (UMOFC) em Assis segue o tema: "Mulheres da UMOFC, artesãs da fraternidade humana pela paz mundial". A reforma do Estatuto e das Regras, apresentação de novos projetos, eleições do Conselho e da Presidente Geral, uma peregrinação a Assis e momentos de oração compõem o programa do evento, que reúne mais de 800 participantes de 38 países
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vatican News

Mais de 800 mulheres estão reunidas em Assis para a Assembleia Geral da União Mundial das Organizações Femininas Católicas (UMOFC). Vindas de várias partes do mundo, essas mulheres querem ser "artífices da fraternidade humana para um mundo de paz", como exortou Maria Lia Zerfino, atual presidente geral da UMOFC, que abrange cerca de 100 organizações católicas que reúnem mais de 8 milhões de mulheres.

A UMOFC

A União Mundial de Organizações de Mulheres Católicas (World Union of Catholic Women's Organisations - WUCWO | UMOFC) foi fundada em 1910 e agora representa quase 100 organizações de mulheres católicas em todo o mundo, ativas em cerca de 50 países, em todos os continentes e alguns estados insulares. O objetivo da União Mundial é promover a presença, a participação e a corresponsabilidade das mulheres católicas na sociedade e na Igreja, a fim de permitir que elas cumpram sua missão de evangelização e trabalhem para o desenvolvimento humano, particularmente no aumento das oportunidades educacionais, na redução da pobreza e na promoção dos direitos humanos, começando pelo direito fundamental à vida.

Em 2006, a WUCWO foi reconhecida pela Santa Sé como uma Associação Pública Internacional de Fiéis. Esse status canônico honra os esforços das mulheres católicas ativas em nossa União nos níveis paroquial, diocesano, nacional e internacional.

A Assembleia

A Assembleia Geral deste ano teve início no dia 13 de maio, em Roma, quando 1.800 mulheres foram recebidas em audiência privada pelo Papa Francisco. Esse foi um momento único para muitas delas, que encontraram o Santo Padre pela primeira vez e puderam colher de suas palavras a motivação para continuar sua missão com alegria e generosidade: "agradeço a vocês pelo que fazem e as encorajo a seguir em frente com entusiasmo em seus projetos e atividades em favor da evangelização, seguindo a voz interior do Espírito, dóceis aos seus toques interiores", disse-lhes o Pontífice durante a audiência. 

Em 14 de maio, a Assembleia Geral passou a ter lugar em Assis, com a participação de cerca de 890 mulheres de 38 países, que fazem parte de 67 organizações diferentes, presentes nos 5 continentes.

Os primeiros dias de trabalho foram dedicados a reuniões, discussões, painéis e seções paralelas sobre o tema: "mulheres na Igreja". Além disso, foram realizadas algumas reuniões regionais para a apresentação das atividades das organizações membros e relatórios de resultados. Também estão acontecendo a reforma do Estatuto e das Regras da UMOFC, apresentação de novos projetos, prioridades, eleições do Conselho e eleições da Presidente Geral para os próximos dias do evento. Estão sendo realizadas também noites festivas para compartilhar as riquezas culturais. 

A participação das jovens

Um momento importante da Assembleia que reúne tantas mulheres em torno do tema da sua participação na igreja é também a presença das jovens. De fato, dez jovens de diferentes países tomaram a palavra após a apresentação dos relatórios das atividades realizadas pelas organizações em suas diferentes regiões. Elas falaram sobre o que haviam experimentado nesses primeiros dias com sua presença aqui. Sua fé, seu desejo de ajudar e seu envolvimento no evento foram considerados pelas participantes como um novo fôlego e um incentivo para que o trabalho continue e se fortaleça ainda mais.

Um grupo da Guiné-Bissau

Dentre os grupos presentes na Assembleia, um grupo da Guiné-Bissau, da Associação das Organizações Femininas da Guiné-Bissau. O único grupo lusófono do evento partilhou sua alegria por participar de um momento tão rico para as mulheres da sua Associação. "Signica que queremos, de fato, juntar a voz para sermos mais fortes e conseguir abrir os olhos, e despertar a atenção daquelas mulheres que ainda não tem voz que não compreendem quais são os direitos que lhes esperam, que não sabem como reinvindicar os seus direitos.", disse Emanuela Lopes Mendes, representante da Associação, durante entrevista concedida à Rádio Vaticano - Vatican News.

Artigo publicado por Vatican News em 18 de maio de 2023

PARTILHAR IMPRIMIR
Revista de Imprensa Internacional
Contactos
Morada

Rua de S. Domingos, 94 B 4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui