Centros de Preparação para o Matrimónio (CPM)

Encontros CPM para 2020. Clique para ver.

Palavra de Vida
Palavra de Vida Novembro 2020. Clique na imagem, por favor, para aceder aos conteúdos.
Informações

Escola de Famílias, 2ª Sessão: 06/12/2020

Arquidiocese

Uma Igreja Sinodal e Samaritana

Programa Pastoral 2020/2023

[+info]

Desejo subscrever a newsletter de Departamento Arquidiocesano para a Pastoral Familiar
9 Mar 2016
"Palavra de Vida" de Março
«O Reino de Deus já chegou até vós» (Lc 11, 20)
PARTILHAR IMPRIMIR
 

Era aquilo de que os Hebreus estavam à espera. Jesus começou a anunciar o Reino de Deus logo que se pôs a percorrer aldeias e cidades: «O Reino de Deus está próximo» (cf. Lc 10, 9). E, imediatamente depois: «O Reino de Deus já chegou até vós»; «O Reino de Deus está entre vós!» (Lc 17, 21). Na pessoa de Jesus era o próprio Deus que vinha para o meio do seu povo e, com decisão e com força, retomava a História nas suas mãos para a conduzir até à sua meta. Os milagres que Jesus realizava eram o sinal disso mesmo.

Na passagem do Evangelho de onde é tirada a Palavra de Vida, Ele tinha acabado de curar um mudo libertando-o do demónio que o mantinha prisioneiro. Foi a prova de que Ele veio para vencer o mal, todo o mal, e instaurar finalmente o Reino de Deus.

Esta expressão, “Reino de Deus”, na linguagem do povo hebraico, indicava que Deus age em favor de Israel, o liberta de todas as formas de escravidão e de todo o mal, o guia para a justiça e a paz, o inunda de alegria e de bem. Aquele Deus que Jesus revela como “pai” misericordioso, amoroso e cheio de compaixão, é sensível às necessidades e aos sofrimentos de cada um dos seus filhos.

Também nós precisamos de escutar o anúncio de Jesus: «O Reino de Deus já chegou até vós».

Olhando à nossa volta, muitas vezes temos a impressão de que o mundo é dominado pelo mal, e que os violentos e os corruptos levam a melhor. Por vezes, sentimo-nos à mercê de forças adversas, de acontecimentos ameaçadores que nos ultrapassam. Sentimo-nos impotentes diante de guerras e calamidades ambientais, de massacres e alterações climáticas, de migrações e crises económicas e financeiras.

É aqui que se coloca o anúncio de Jesus, que nos convida a acreditar que Ele, já desde agora, está a vencer o mal e está a instaurar um mundo novo.

No mês de março de 1990, falando a milhares de jovens, Chiara Lubich confiou-lhes o seu sonho: «Tornar o mundo melhor, como se fosse uma única família, como se pertencêssemos a uma só pátria, a um mundo solidário, aliás, a um mundo unido». Naquela altura, como hoje, isso parecia uma utopia. Mas para que o sonho se tornasse realidade, ela convidou- os a viver o amor recíproco, na certeza de que, fazendo assim, teriam entre eles «o próprio Cristo, o Omnipotente. E d’Ele poderão esperar tudo». Sim, é Ele o Reino de Deus.

Qual é a nossa tarefa? Fazer de modo que Ele esteja sempre entre nós. Então, continuou Chiara, «será Ele mesmo que vai trabalhar convosco nos vossos Países, porque é Ele que volta, de certo modo, ao mundo, a todos os lugares onde vocês se encontram, e que Se torna presente pelo vosso amor recíproco, pela vossa unidade. E Ele iluminar-vos-á sobre aquilo que deverão fazer, guiar-vos-á, encorajar-vos- -á, será a vossa força, o vosso ardor, a vossa alegria. Pela presença d’Ele, o mundo à vossa volta vai orientar-se para a concórdia, todas as divisões serão anuladas. (…) Portanto, o amor entre vocês e o amor semeado em muitos lugares da Terra – entre as pessoas, entre os grupos, entre as nações – usando todos os meios. Assim, a invasão de amor, de que falamos de vez em quando, pode tornar-se uma realidade. E a civilização do amor, que todos aguardamos, pode tomar consistência, também através do vosso contributo. É a isto que vocês são chamados. E verão coisas grandes» (1).

Fabio Ciardi

1) IV festival internacional dos “Jovens para um Mundo Unido” (Genfest), Roma (Palaeur), 31 de março de 1990, CN, 34 [1990], 7, pp. 34-39.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento Arquidiocesano para a Pastoral Familiar
Contactos
Morada

Rua S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190

TLM

967398091

Coordenador

Rosa Maria Leite Rios da Cruz e Amândio Gonçalves Araújo da Cruz

Assistente

P.e Miguel Almeida, SJ; Diácono Fernando Luís Barroso Gonçalves (Assistente Adjunto).

Quer dar uma ideia à Arquidiocese de Braga com o objectivo de melhorar a sua comunidade?

Clique Aqui

Quer dar uma sugestão, reportar um erro ou contribuir para a melhoria deste site?

Clique Aqui