Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com 7Margens | 21 Mar 2022
Carta pede aos padres um caminho sinodal baseado na escuta
Os responsáveis endereçaram no sábado, dia 19, uma carta aos padres de todo o mundo em que consideram que se deve fazer “todo o possível para que o caminho se baseie na escuta e na vivência da Palavra de Deus”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vatican Media

O cardeal Mario Grech, secretário-geral do Sínodo dos Bispos, e o arcebispo Lazzaro You Heung sik, Prefeito da Congregação para o Clero, pediram aos sacerdotes católicos em todo o mundo que o caminho do actual Sínodo seja baseado na escuta e na vivência da Palavra de Deus”.

Os responsáveis endereçaram no sábado, dia 19, uma carta aos padres de todo o mundo em que consideram que se deve fazer “todo o possível para que o caminho se baseie na escuta e na vivência da Palavra de Deus”, trabalhar para que o caminho seja caracterizado pela mútua escuta e reciproca aceitação” e ainda ter o cuidado para que o caminho não nos leve à introspecção, mas nos estimule a sair ao encontro de todos”.

Na carta – disponível em português, tanto em formato PDF como Word –, os dois “irmãos sacerdotes” integram os pedidos no processo sinodal que o Papa Francisco abriu sobre a sinodalidade e explicam que não pretende colocar mais “carga” sobre os presbíteros, mas antes encorajar “a olhar para as vossas comunidades com aquele olhar contemplativo de que nos fala o Papa Francisco na Evangelii Gaudium para descobrir os muitos exemplos de participação e partilha que já estão a germinar nas vossas comunidades”.

cardeal Grech e o arcebispo You Heung sik afirmam que o processo sinodal proposto pelo Papa tem o objectivo de colocar-nos em caminho, juntos, na escuta recíproca, na partilha de ideias e projetos, para mostrar o verdadeiro rosto da Igreja: uma «casa» hospitaleira, de portas abertas, habitada pelo Senhor e animada por relações fraternas”.

Os responsáveis procuram evitar os riscos de um Sínodo carregado de “formalismo”, “intelectualismo” e “inacção”, que podem fazer surgir “medos”, em especial no que diz respeito ao papel do sacerdote nas comunidades, e sublinham que o papel de liderança e a identidade específica dos ministros ordenados” se centra em descobrir cada vez mais a igualdade fundamental de todos os baptizados e de encorajar todos os fiéis a participar activamente do caminho e da missão da Igreja”.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190