Arquidiocese

Horários

Catequese Digital

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Agência Ecclesia | 30 Jun 2020
Irmã Graça Guedes eleita presidente da Conferência dos Institutos Religiosos
As religiosas e religiosos de Portugal querem também “valorizar a internacionalidade e a intercongregacionalidade”.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © CIRP

A irmã Graça Guedes foi eleita esta segunda-feira, dia 29, presidente da Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP) para o triénio 2020-2023. O padre Pedro Fernandes foi eleito vice-presidente.

Em declarações à Agência Ecclesia, a irmã Graça Guedes disse que é “uma grande responsabilidade” presidir à CIRP, uma vez que é o “rosto de uma parcela da Igreja”, que deseja dar relevância “da forma mais fiel que for capaz”.

“Toda a Assembleia, de uma forma geral manifestou-se e considerou que poderia dar essa colaboração e prestar essa colaboração à Igreja e à Vida Consagrada, acabei por aceitar, na humildade”, afirmou a nova presidente da CIRP.

A irmã Graça Guedes pertence à Congregação das Religiosas do Amor de Deus e era vice-presidente da CIRP no mandato anterior, presidido pelo missionário comboniano padre José Vieira.

O padre Pedro Fernandes, eleito vice-presidente da CIRP na Assembleia Geral que decorreu em Fátima, pertence à Congregação dos Missionários Espiritanos.

De acordo com comunicado final da XXX Assembleia Geral da CIRP, foram propostas algumas “linhas de acção” definidas em diferentes trabalhos de grupo.

“Dar atenção aos sinais destes tempos imprevisíveis, conjugando maleabilidade e firmeza”, “revalorizar a ecologia integral, na linha da Laudato Si’”, “testemunhar a Vida Consagrada para o despertar de Deus na juventude, tendo em vista as Jornadas Mundiais da Juventude, em 2023” e “reforçar os meios de comunicação social e as plataformas digitais” são prioridades da CIRP para os próximos anos.

As religiosas e religiosos de Portugal querem também “valorizar a internacionalidade e a intercongregacionalidade” e desejam que “as consagradas e os consagrados se coloquem na linha da frente diante da nova normalidade”.

O padre José Vieira, que terminou o mandato como presidente da CIRP, “expressou solidariedade com os mais de 10 milhões de infectados e apelou ao silêncio orante pelas vítimas”, disse que o tempo de confinamento pode ser “um tempo de graça”, apelou a uma vida “em sobriedade feliz” e valorizou a internet como “meio de relação e evangelização”.

Para além da presidente e do vice-presidente, a CIRP elegeu como vogais da direção a irmã Natália Maria Areias da Rocha (da Aliança de Santa Maria), o padre Adelino Ascenso (da Sociedade Missionária da Boa Nova) e a irmã Alzira Rodrigues Ferreira (das Dominicanas de Santa Catarina de Sena).

Para o Conselho Fiscal foi eleita para presidente a irmã Maria da Conceição Oliveira Fernandes (das Irmãs de São João Baptista e de Maria Rainha), para secretário o padre Tiago Martinho Alberto (da Congregação dos Agostinhos) e a iamã Maria de Fátima Machado (das Irmãs de São José de Cluny) foi eleita vogal

O comunicado final refere também que a Assembleia Geral da CIRP saudou “o novo presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. José Ornelas Carvalho, bispo de Setúbal, e o Padre Manuel Joaquim Gomes Barbosa, reconduzido no cargo de secretário da mesma CEP”.

A Conferência dos Institutos Religiosos é um organismo de direito pontifício, que integra os Institutos Religiosos masculinos e femininos e as Sociedades de Vida Apostólica, existentes em Portugal, visando “realizar um trabalho de coordenação e auxílio mútuo” entre eles.

PARTILHAR IMPRIMIR
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190