Arquidiocese

Uma Igreja Sinodal e Samaritana

Programa Pastoral 2020/2023

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS com Livraria DM | 6 Out 2020
Livraria DM recomenda 30 livros para o novo ano pastoral
Lista inclui livros de autores portugueses e estrangeiros e várias abordagens aos temas da Igreja sinodal e samaritana.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

A Livraria Diário do Minho elaborou uma lista de trinta obras que recomenda para aprofundamento do tema “Uma Igreja Sinodal e Samaritana” que marca o novo programa pastoral que dura até 2023.

Entre os livros, que pode ficar a conhecer abaixo, incluem-se obras não só do Papa Francisco e de D. Jorge Ortiga, como também Luigi Maria Epicoco, Jean Vanier e Luciano Manicardi, entre muitos outros.

 

Corresponsabilidade e participação na paróquia
Joan Bestard

Sinopse: Este livro, fruto da larga experiência pastoral do seu autor, abre caminho e apresenta sugestões para a renovação e adaptação da paróquia à realidade cultural e sociológica dos nossos dias. Põe em evidência o funcionamento do Conselho Pastoral paroquial.

 

Ayudar a los demás
Luciano Sandrin

Sinopse: Este livro apresenta e estuda os comportamentos de ajuda, ou seja, as condutas pró-sociais e altruístas que realizamos para ajudar os outros, de modo particular nos momentos mais frágeis da sua vida. E presta particular atenção ao variado mundo do voluntariado.

 

A caminho da sinodalidade
Dario Vitali

Sinopse: Só redescobrindo a estritíssima unidade existente entre a comunidade dos fiéis e os seus pastores podemos superar a névoa de matiz cismático que, infelizmente, parece envolver o presente período eclesial. Como regressar a uma Igreja fundada na escuta recíproca? A caminho da Sinodalidade apresenta uma proposta realística de Igreja sinodal, igualmente capaz de assumir o desafio ecuménico, no qual a diversidade se compõe na unidade.

 

Propor a fé numa pluralidade de caminhos
Luís M. Figueiredo Rodrigues

Sinopse: Esta obra foi pensada com o objetivo de oferecer um contributo para a reflexão sobre o modo, melhor, os modos como a fé pode ser proposta nos contextos em que nos situamos. As reflexões pretendem ser um serviço, a partir daquilo que é a especificidade do labor teológico: a reflexão crítica sobre a verdade da fé, dizendo-a de modo inteligível pelos nossos contemporâneos, numa atitude de diálogo e de compromisso.

 

Ressurgir. 40 perguntas sobre a pandemia
Vários autores

Sinopse: A dança macabra do vírus fez abrandar as atividades económicas, a produção industrial, a circulação de automóveis e aviões, e deu-nos uma lição terrível: as nossas sociedades só terão solução se mudarmos de estilos de vida, se ficarmos em harmonia com os ecossistemas e sem uma «economia que mata». Não a aceitamos como fatalidade, mas aspiramos, ao resistir-lhe, a uma epifania, a uma intimação à mudança.

 

O bom samaritano
Hugo de Azevedo

Sinopse: Escrita, digamos, à pressa, em estilo quase coloquial, de conversa amena, sem pretensões filosóficas, esta meditação da belíssima parábola “Bom Samaritano” tem apenas o fim de suscitar nos leitores cristãos uma reflexão “preambular” sobre a razão de ser e o destino do homem, que a fé dá resposta cabal, sempre nova e surpreendente.

 

Diz lá, tio Willi
Andrea J. Larson, Anselm Grün

Sinopse: A correspondência entre Andrea J. Larson e o seu tio, o monge beneditino Anselm Grün, revela um interessante diálogo intergeracional: de um lado, uma jovem mãe de três filhos, bem ciente das muitas limitações que se colocam a uma vida de total liberdade; do outro, um velho monge, que, ainda muito novo, decidiu entrar num mo- steiro e ali, nos limites do claustro, encontrou uma grande liberdade.

 

Consagrados para amar e servir
Manuel Morujão

Sinopse: Nos seus escritos, o padre Morujão aborda temáticas sobre a vida consagrada como a comunidade em perdão e festa, a vida comunitária propriamente dita, a misericórdia, a comunhão, a gratuidade, os votos de pobreza, castidade e obediência... Não são temas desgarrados, pois tudo gira à volta da consagração de homens e mulheres nesta forma de existência cristã».

 

Somente os doentes se curam
Luigi Maria Epicoco

Sinopse: O autor, através da análise do relato da passagem dos Discípulos de Emaús, irá ajudar-nos a descobrir toda a humanidade que está na base de toda a experiência de fé ou de incredulidade. Por esta razão a obra está dividida em duas partes.

Trata-se de um novo olhar sobre a nossa humanidade, a partir das palavras de Jesus que veio «para os doentes e não para os sãos». Apenas quem assume a fragilidade poderá experimentar a cura: somente os doentes se curam.

 

Sal, não mel
Luigi Maria Epicoco

Sinopse: “Uma cristandade, tal como um homem, não se nutre de compota. O bom Deus não escreveu que fôssemos o mel da terra, meu rapaz, mas o sal. Ora, o nosso pobre mundo assemelha-se ao velho pai Job, cheio de chagas e úlceras, sobre os seus dejectos. o sal, sobre uma pele em ferida, é uma coisa que arde. Mas também a impede de apodrecer.”

 

Verdadeiramente humanos
Jean Vanier

Sinopse: Neste seu estimulante livro, partilha a sua perspetiva profundamente humana do nosso mundo tendo em vista a edificação de um bem comum capaz de alterar radicalmente as nossas comunidades, os nossos relacionamentos e sobretudo nós próprios.

Defende que, abrindo-nos aos outros, àqueles que vemos como fracos, diferentes, ou inferiores, podemos alcançar a verdadeira liberdade a nível pessoal e social.

 

O nome de Deus é misericórdia
Papa Francisco

Sinopse: Pela primeira vez, um livro-entrevista assinado pelo Papa Francisco, dirigido a todos os homens e mulheres do mundo num diálogo simples, profundo e intimista. O livro contém a Bula de Proclamação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia.

 

Uma esperança para além de qualquer esperança
Tiago de Quadros Esteves

Sinopse: Este livro é uma oportunidade que ganha como afirmação de esperança, no sentido pleno que São Paulo lhe encontrou na ressurreição de Cristo. Só por nós, na vida pessoal e social, eclesial mesmo, poderíamos desistir. A experiência de Cristo vivo, como Paulo a teve e nós compartilhamos, leva-nos a recomeçar sempre e só a partir do Ressuscitado.

 

Igreja e encontro na estrada digital
Tiago Miguel Fialho Neto

Sinopse: Nesta obra apresentam-se os conceitos-chave sobre a sociedade em rede desenvolvidos por Manuel Castells e, encarando-os numa perspectiva cristã e teológica, procurar um conhecimento e uma identificação das posições da Igreja Católica em relação aos novos média e compreender, à luz do que se vive nas sociedades contemporâneas e no seio da mesma Igreja, de que modo os novos média podem contribuir para a formação de mais e melhores cristãos.

 

Twittando com Deus
Luigi Maria Epicoco

Sinopse: As tuas perguntas sobre Deus e sobre a fé têm agora uma resposta! Será que cabe num tweet? Isso é precisamente o que o padre Michel Remery faz. Ele twitta duzentas respostas a questões importantes colocadas pelos jovens e dá também explicações alargadas com base na fé para que possas conhecer mais sobre ti e sobre Deus! Questões sobre Deus, a Bíblia, Jesus, a Igreja, a fé, a oração, a moral e estilo de vida.

 

La iglesia en acción
Oscar Moriana López de Silanes

Sinopse: O que pode a fé acrescentar nos processo de ajuda? Como se pode evangelizar quando uma pessoa ferida surge numa comunidade cristã? Este livro de Óscar Silanes oferece um conjunto de respostas sobre a ajuda pastoral sanante e samaritana da Igreja.

 

O compromisso do cristão no mundo
Hans Urs von Balthasar, Luigi Giussani

Sinopse: Os autores assinam um livro que inquieta e desperta, ao mesmo tempo que confirma e sustenta, na convicção de que o Cristianismo faz nascer uma vida abundante e transbordante, a viver até às últimas consequências, para que transforme a vida e seja testemunho e proposta para o mundo.

 

Todos somos líderes
Chris Lowney

Sinopse: A Igreja Católica vive um sério declive, uma queda que será catastrófica se não for revertida com mudanças radicais na sua estratégia, cultura e estilo de liderança. É necessária uma estratégia de acção na qual participem tanto as bases como a hierarquia.

 

O olhar e o ver
Vasco Pinto de Magalhães

Sinopse: O autor vai direito aos temas mais difíceis, aos que mais nos perturbam. Por isso aborda questões de fundo, desde a morte ao mal e ao sofrimento. E não foge aos novos problemas morais que a evolução da ciência suscita, sobretudo no domínio da bioética: um terreno em grande parte novo e desconhecido, que é preciso desbravar para responder às interrogações angustiadas das pessoas.

Não afasta assuntos aparentemente menores, como a violência no desporto ou a prevenção do stresse. Dá lugar destacado, claro, ao fulcro da nossa fé, a Cristo como Deus para os homens.

 

La resiliencia
Luciano Sandrin

Sinopse: Porque é que alguns desabem diante dos golpes da vida enquanto outros resistem e são capazes de enfrentar as dificuldades e crescer? Isto é resiliência, uma força que faz com que as pessoas sejam capazes de lidar com as crises de todo o género. Um crescimento interior de talentos e riquezas que apenas é possível com o nosso esforço, com a ajuda dos outros e, para os crentes, também com a graça de Deus.

 

La sinodalidade en la vida y en la misión de la Iglesia
Santiago Madrigal

Sinopse: Este livro contém o texto integral do documento A sinodalidade na vida e na missão da Igreja, da Comissão Teológica Internacional, de 2 de Março de 2018. Os comentários são de Piero Coda, Carlos M. Galli, Santiago Madrigal e José San José Prisco.

 

O curador ferido
Henri Nouwen

Sinopse: Henry Nouwen – neste livro que é considerado por muitos como uma das suas melhores obras – situa-se na sustentável crueza do ser: “homem nuclear”, frágil, habitado e seduzido. Um livro a não perder por todos os feridos, por todos os que cuidam, por todos os que, cuidando, querem aprender a transformar as próprias feridas em fonte de cura... do outro e de si mesmos.

 

A caridade dá que fazer
Luciano Manicardi

Sinopse: Um clássico de Luciano Manicardi sobre as obras de misericórdia, para uma leitura e reflexão aprofundada, neste Ano Santo da Misericórdia. Numa época de indiferença, somos chamados a redescobrir o essencial, a discernir aquilo que, pela fé, é irrenunciável. A tradição das obras de misericórdia ajuda-nos a reaprender a caridade como arte do encontro, da relação e, sobretudo, como práxis de humanidade.

 

Ser discípulo
Rowan Williams

Sinopse: Quem, movido pelo Espírito, decide hoje servir a Jesus, não tardará a dar-se conta de que, se não quer extraviar-se por caminhos estranhos, precisa conhecer e praticar os valores essenciais da existência cristã. Porque ser discípulo de Jesus é nutrir a vida com o alimento da fé, da esperança e, sobretudo, do amor.

 

Viver uma fé adulta
Luciano Manicardi

Sinopse: Redescobrir o essencial da fé, a partir não só do fundamento bíblico e evangélico, mas também da lição do Concílio Vaticano II, é uma tarefa a que, hoje, todas as comunidades cristãs são chamadas, para poderem testemunhar, de maneira compreensível e credível aos homens, a pessoa de Jesus Cristo. Num contexto que vê as Igrejas ocidentais, muitas vezes, cansadas e perdidas, tentadas por devocionismos e por nostálgicos regressos ao passado, deve-se reencontrar a limpidez de uma fé adulta.

 

A Misericórdia de Deus
Vários autores

Sinopse: Quanto desejo que os anos futuros sejam permeados de misericórdia para ir ao encontro de todas as pessoas levando-lhes a bondade e a ternura de Deus! A todos, crentes e afastados, possa chegar o bálsamo da misericórdia como sinal do Reino de Deus já presente no meio de nós.

 

O sofrimento no pensamento bíblico
João Duarte Lourenço

Sinopse: O sofrimento é uma das questões que percorre a história da humanidade de forma transversal, deixando nos dramas que suscita um marco de inquietações e um leque de interrogações sem resposta. Essa ausência de certezas não é mais que a falta de sentido, de um sentido que seja capaz de motivar a vida do homem para além da sua temporalidade e da sensibilidade redutora que lhe confina o horizonte ao domínio dos sentidos.

 

Caminhos de esperança
Jorge Ortiga

Sinopse: Quando, em 18 de Março de 2020, o Presidente da República decretou o estado de emergência, com o consequente confinamento obrigatório, D. Jorge Ortiga já estava motivado para expressar sua presença junto de todos os diocesanos. A eucaristia era o modo de o concretizar e os prodigiosos meios de comunicação tornaram-se a oportunidade para entrar em todas as famílias. “Caminhos de esperança” reúne as homilias do Arcebispo de Braga, resultado das eucaristias a que presidiu diariamente às 18h e ao Domingo às 11h na capela do Paço Arquiepiscopal.

 

A pastoral das grandes cidades
Vários autores

Sinopse: Neste livro, o Papa Francisco sugere dois núcleos pastorais, duas propostas, que são ações, mas não só. Uma primeira proposta: sair e facilitar. Trata-se de uma verdadeira transformação eclesial. E tudo ponderado em chave de missão. Uma segunda proposta: a Igreja samaritana. Estar presente. Trata-se de uma mudança, no sentido do testemunho.

 

La pastoral de la salud
Arnaldo Pangrazzi

Sinopse: O livro é dirigido a pessoas que querem ser guias ou acompanhamentes de quem se dedica ao cuidado dos enfermos e à pastoral da saúde como membros da Igreja (sacerdotes, religiosos, leigos) ou como profissionais, para dar um melhor testemunho do espírito do bom samaritano e transformar-se em presença sanante na vida de quem sofre.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190