Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 9 Fev 2022
“O doente é sempre mais importante do que a doença”, diz Francisco
Na mensagem para o Dia Mundial do Doente, o Papa defende o acesso universal aos cuidados de saúde e que nenhum tratamento pode excluir a escuta da pessoa, e lamenta a escassez de vacinas contra a covid-19 nos países mais pobres.
PARTILHAR IMPRIMIR
  © Vatican Media

“O doente é sempre mais importante do que a sua doença” e, por isso, “qualquer abordagem terapêutica não pode prescindir da escuta do paciente”. É o que o Papa Francisco diz na Mensagem para o Dia Mundial do Doente de 2022, que foi publicada pelo Vaticano.

Francisco coloca a pessoa acima da doença e afirma que, mesmo se a doença for incurável, é possível tratar, consolar e fazer sentir à pessoa uma proximidade que demonstre mais interesse por ela do que pela sua patologia”.

O Papa declara que ainda há “um longo caminho a percorrer” para garantir que “todos os doentes, mesmo nos lugares de maior pobreza e marginalização” têm acesso aos cuidados de saúde que precisam, e lamenta que haja países onde “receber adequados tratamentos continua a ser um luxo”, exemplificando com a “escassa disponibilidade” de vacinas contra a covid-19 nestas regiões do planeta, assim como de “tratamentos para patologias que requerem medicamentos muito mais simples”.

“Penso sobretudo nas populações das zonas mais pobres da Terra, onde por vezes é necessário percorrer longas distâncias para encontrar centros de tratamento que, embora com recursos limitados, oferecem tudo o que têm disponível”, indica o pontífice.

Depois de ter estado internado 10 dias em 2021 na sequência de uma cirurgia, o líder da Igreja Católica lembra que, para muitos, a doença é uma experiência dura de isolamento, e recorda “os numerosos enfermos que, durante este tempo de pandemia, viveram a última parte da sua existência na solidão duma Unidade de Cuidados Intensivos”, sublinhando, logo a seguir, a importância da “missão” dos “generosos profissionais de saúde” – a quem pede que permaneçam “cientes da grande dignidade” da profissão e “da responsabilidade que ela acarreta”.

A mensagem para a celebração anual de 11 de Fevereiro tem como tema «Sede misericordiosos como o vosso Pai é misericordioso» (Lc 6, 36). Colocar-se ao lado de quem sofre num caminho de caridade. Ao contrário do previsto inicialmente, o Dia Mundial do Doente será marcado no Vaticano, e não em Arequipa, no Perú.

Pode encontrar aqui também a Mensagem do Papa Francisco comentada pelo Departamento Arquidiocesano da Pastoral da Saúde.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190