Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
DACS | 16 Mai 2022
Semana Santa e da Páscoa pode ser Itinerário Cultural Europeu
Nas próximas semanas será conhecida a resolução de que, a ser positiva, permitirá à Rede posicionar-se como uma atração cultural de valor reconhecido em toda a Europa.
PARTILHAR IMPRIMIR
 

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e da Páscoa apresentou ao Conselho da Europa a sua candidatura como Itinerário Cultural Europeu.

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e da Páscoa, na qual se insere a Comissão da Quaresma e Celebrações da Semana Santa de Braga, apresentou ao Conselho da Europa a sua candidatura como Itinerário Cultural Europeu.

A exposição de dez minutos teve lugar no passado dia 5 de Maio, no Luxemburgo, depois de um intenso trabalho nos últimos três anos. Nas próximas semanas, será conhecida a resolução, que, se for positiva, permitirá à Rede posicionar-se como uma atração cultural de valor reconhecido em toda a Europa.

Lançadas pelo Conselho da Europa em 1987, as Rotas Culturais Europeias são um convite para viajar e descobrir o património rico e diversificado da Europa, unindo pessoas e lugares em redes partilhadas de história e património. Puseram em prática os valores do Conselho da Europa: direitos humanos, diversidade cultural, diálogo intercultural e intercâmbios mútuos além-fronteiras.

Mais de 30 itinerários culturais do Conselho da Europa oferecem uma riqueza de lazer e actividades educativas para todos os cidadãos, sendo recursos fundamentais para um turismo responsável e um desenvolvimento sustentável. Abrangem um vasto leque de temas, desde arquitetura, paisagem, influências religiosas, gastronomia, património imaterial, principais figuras da arte europeia, música e literatura.

Assim, a certificação como Itinerário Cultural do Conselho da Europa é uma garantia de excelência.

As redes implementam actividades e projetos inovadores que pertencem a cinco domínios de ação prioritários: cooperação em investigação e desenvolvimento; melhorar a memória, a história e o património europeus; intercâmbios culturais e educativos para jovens europeus; prática cultural e artística contemporânea; turismo cultural e desenvolvimento cultural sustentável.

Através do seu programa, o Conselho da Europa oferece um modelo de gestão cultural e turística transnacional e permite sinergias entre as autoridades nacionais, regionais e locais e um vasto leque de associações e intervenientes socioeconómicos.

 

A Rede Europeia

A Rede Europeia de Celebrações da Semana Santa e Páscoa foi criada em 2019 e faz parte da Fundação Italiana Federico II, representando os municípios de Palermo e Caltanissetta, da Sicília, Itália; o município de Birgu, em Malta; a Comissão de Quaresma e Celebrações da Semana Santa, em Braga, Portugal; as Representações da Paixão de Cristo, em Skofja Loka, Eslovénia; os municípios que fazem parte da rota Caminos de Pasión (Alcalá la Real em Jaén, Baena, Cabra, Lucena, Priego de Córdoba e Puente Genil em Córdoba e Carmona, Écija Osuna e Utrera em Sevilha). Também dentro da geografia espanhola encontramos Orihuela em Alicante; Lorca, em Múrcia e Viveiro, em Lugo.

Esta Rede tem como objectivo promover e divulgar o património cultural, tanto material como imaterial, relacionado com as comemorações da Semana Santa e da Páscoa, através de acções que valorizem este património, promovam o desenvolvimento turístico sustentável e contribuam para a salvaguarda do património imaterial através de trabalhos científicos e de investigação.

Da mesma forma, o seu principal objectivo é unir forças e sinergias para consolidar um modelo de estudo, salvaguarda e divulgação do património das tradições da Semana Santa e da Páscoa na Europa.

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190