Arquidiocese

Ano Pastoral 2021+2022

"Onde há amor, nascem gestos"

[+info]

Desejo subscrever a newsletter da Arquidiocese de Braga
MMTC | 28 Abr 2021
"Lutar, Lutar, Lutar e Resistir sempre”
Mensagem Internacional do 1º de Maio de 2021 do Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos (MMTC).
PARTILHAR IMPRIMIR
  © MMTC

Pensávamos que tínhamos saído da crise sanitária e que nos poderíamos manifestar no Dia do Trabalho. Mas aqui estamos, de baixo do jugo desta pandemia que está a consumir a nossa Casa Comum, lutando para nos mantermos a salvo.

O Primeiro de Maio é uma inscrição indelével. Não estamos só a lutar contra um vírus destrutivo a nível mundial, mas também contra uma corrente sectária que diminui a primazia do trabalho. Este valor social e pessoal, que eleva a dignidade de cada indivíduo, deve-se levar bem fundo aos corações e às mentes dos estados como um estandarte de humanidade.

Seremos capazes de zelar pelo declive dos valores herdados dos antigos?

Seremos capazes de zelar pela dignidade dos pobres que são constantemente despojados, dos marginalizados que fazem fila à frente das lojas de solidariedade, “restaurantes do coração”, ou durante a distribuição de pacotes alimentares e cheques de solidariedade?

Seremos capazes de resistir com os trabalhadores e trabalhadoras à exploração económica?

Os direitos fundamentais nem sempre são respeitados, e até se pode dizer que estão em retrocesso. Podemos mencionar:

— O número de desempregados continua a aumentar, sinal de que uma parte da população assalariada está desempregada. Na Ilha de Reunião, a taxa de desemprego é de 21%;
— Pequenas e médias empresas que despedem os seus empregados ou abrem falência;
— A precariedade do emprego;
— A perda de benefícios sociais;
— Falta de habitação digna;
— Desigualdades no trato de homens e mulheres.

Esta situação tem importantes repercussões no seio das famílias, onde o desemprego e a precariedade provocam isolamento e tensões intrafamiliares, violência e problemas de saúde e educação.

O facto é que cada trabalhador é uma imagem do Criador, que não deixa de dar prioridade ao ser humano, podemos dizer "que vale mais que todo o ouro do mundo" (Joseph Cardijn).

Cada mulher e cada homem estão chamados a ser atores e a participar num desenvolvimento sustentável e solidário e na transformação da sociedade para viver com rectidão.

Ao mesmo tempo, a nossa sociedade desigual, perde valores no seu processo de globalização, tende a considerar o trabalhador como uma engranagem, um consumidor. O modelo económico preocupa-se mais pela sua economia do que pelo ser humano. Por isso, as empresas multinacionais continuam a enriquecer na sua maioria com lucros colossais.

Em conjunto com o MMTC (Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos) de que é membro, o MTCR (Movimento de Trabalhadores Cristãos de Reunião) deseja associar-se a todos aqueles que, em Reunião e no mundo, consideram este dia do 1º de maio, Dia Internacional dos Trabalhadores, como um convite a manter e prosseguir a luta por uma sociedade mais justa, mais fraterna e sustentável.

Não esqueçamos que se as condições laborais melhoraram com o passar do tempo, foi porque os trabalhadores fomentaram a solidariedade para continuar a ser o caminho da esperança, e continuar a luta com quem procura construir um mundo mais justo, de paz, onde se respeitem os direitos humanos... mesmo assim fica trabalho por fazer.

O Primeiro de Maio não é só uma manifestação de um dia, mas consiste numa chamada de atenção para uma luta diária. E para nós, os cristãos, é uma luta centrada no ser humano, em nome de Cristo, com o Espírito Santo.

Seremos capazes de melhorar a nossa forma de ver, de analisar... com as armas do coração e os ensinamentos extraídos do pensamento social da Igreja pondo Deus e o seu Filho nas nossas mentes?

Jesus Cristo deu-se a conhecer através das curas. Nestes tempos de pandemia, deixemo-nos inocular pelo seu Espírito, para conseguir, com pequenas ações onde nos encontramos, uma mudança à escala global.

 

Movimento Operário Cristão – MTC REUNIÃO

PARTILHAR IMPRIMIR
Palavras-Chave:
MMTC  •  Dia do Trabalhador  •  Direitos  •  Trabalho  •  Precariedade
Departamento Arquidiocesano para a Comunicação Social
Contactos
Director

P. Paulo Alexandre Terroso Silva

Morada

Rua de S. Domingos, 94 B
4710-435 Braga

TEL

253203180

FAX

253203190